O plano de aula e o trabalho do professor

O planejamento é uma das atividades inerentes ao trabalho do professor e está presente desde a elaboração de suas aulas à organização de seu cronograma anual como uma ferramenta que irá nortear o seu fazer pedagógico, delinear objetivos e avaliar processos.





Nesse contexto, para pensar a organização do trabalho do professor e sua relação com a elaboração dos planos de aula é necessário levar em consideração, inicialmente, o plano de ações pedagógicas da instituição na qual está inserido, assim como o contexto social dos alunos, possibilitando práticas mais significativas e engajadas com a comunidade educativa.


Para Libâneo (1994), o planejamento e o plano de aula objetivam alcançar metas e esta é uma missão para todos aqueles que atuam na área da educação, principalmente para o docente, uma vez que estas ferramentas possibilitam racionalizar, organizar, coordenar e articular o processo ensino-aprendizagem e a sua relação com os sujeitos e fenômenos educacionais.


Desse modo, pensar o plano de aula é pensar de que forma o conhecimento chegará até os educandos, considerando que estes precisam ter resguardados os direitos tanto à educação quanto à aprendizagem, e o professor, por sua vez, precisa estar atento a estes pontos durante o ato de planejar.





O planejamento exige que o trabalho do professor seja contextualizado e atualizado frente à constante evolução da nossa sociedade e dos recursos tecnológicos dos quais temos cada vez mais acesso. O mundo caminha a passos largos e a educação precisa acompanhá-lo. Pensando assim, o docente deve desenvolver aulas com estratégias mais convidativas, interativas e significativas para seus alunos, buscando envolvê-los gradativamente nas atividades e evitando a monotonia.


Outro ponto importante a ser destacado é o compromisso do professor e de seu trabalho no que se refere ao planejamento. Visto que esta é uma ferramenta indispensável para a sua práxis, não pode ser deixada para depois ou, numa outra hipótese, não se pode levar em consideração a possibilidade de executar uma ação, aula ou atividade sem o seu devido planejamento, impedindo a desorganização do seu trabalho como consequência.





Com a recente implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), o trabalho docente ganhou grande ajuda com relação ao planejamento, dado que temos à disposição as habilidades a serem trabalhadas de acordo com as séries, anos e segmentos. O documento tem sido de grande valia para educadores, pois delineia objetivos e competências a serem desenvolvidas com os alunos, facilitando o planejamento pedagógico.


Outrossim, considera-se que o planejamento é essencial ao fazer docente, pois é uma ferramenta estratégica para consolidar objetivos, assim como por sua flexibilidade e possibilidades de adaptações mediante as diversas realidades assistidas nas escolas, não podendo, assim, ser dispensada em sua relação com o trabalho do professor.

48 visualizações

(081) 3034-5541

Rua Sargento Waldir Correia, 320 Boa Viagem Recife PE Brazil 51030-580

  • YouTube - Black Circle

©2019 by Creare Education. Todos os direitos reservados.